O gás natural é o combustível fóssil mais limpo da Terra e é incolor e inodoro em seu estado natural. É composto por quatro átomos de hidrocarboneto e um átomo de carbono (CH4 ou metano). Entender esse gás é essencial para poder entender uma das bases da matriz energética do mundo.

O que é gás natural?

Grande parte do gás natural que encontramos e usamos hoje começou como plantas e animais microscópicos que vivem em ambientes marinhos rasos milhões de anos atrás. Como organismos vivos, eles absorviam energia do sol, que era armazenada como moléculas de carbono em seus corpos.

Quando morreram, afundaram no fundo do mar e foram cobertos por camadas e mais camadas de sedimentos. À medida que essa matéria-prima orgânica foi enterrada mais profundamente na terra, o calor, combinado com a pressão de compactação, converteu parte do biomaterial em gás natural.

Como é produzido o gás natural?

Uma vez que o gás natural é gerado na natureza, ele tende a migrar dentro dos sedimentos e rochas em que foi criado, usando o espaço poroso, fraturas e fissuras que ocorrem naturalmente no subsolo. Na verdade, algum gás natural chega à superfície e aparece em escoamentos, enquanto outras moléculas de gás viajam até ficarem presas ou impedidas por camadas impermeáveis ​​de rocha, xisto, sal ou argila. Esses depósitos presos são os reservatórios onde hoje encontramos gás natural.

O combustível fóssil mais limpo da Terra

O gás natural é composto por quatro átomos de hidrogênio e um átomo de carbono (CH4 ou metano). Incolor e inodoro em seu estado natural, o gás natural é o combustível fóssil de queima mais limpo. Quando queima, o gás natural produz principalmente dióxido de carbono, vapor de água e pequenas quantidades de óxidos de nitrogênio.

Os avanços tecnológicos, recursos domésticos acessíveis e abundantes e a infraestrutura de entrega mais extensa e confiável  criamj uma mudança fundamental no mercado de gás natural, oferecendo uma oportunidade para satisfazer uma nova demanda significativa a preços acessíveis no futuro, reduzindo custos e o impacto ambiental da entrega do gás natural aos seus destinos finais.

Uso do gás natural

O gás natural é uma grande fonte de energia e, apesar de não renovável, pode ser muito necessário para diversas finalidades. (Foto: EWG)

Usos do gás natural

Hoje, o gás natural é amplamente utilizado em aplicações residenciais, comerciais e industriais. É a principal energia usada no aquecimento doméstico: pouco mais da metade das residências americanas usa gás. Cada vez mais, o gás natural também está sendo usado para geração de energia elétrica.

Medição do gás natural

O gás natural, como outras formas de energia térmica, é medido em unidades térmicas britânicas ou BTU. Um Btu é equivalente ao calor necessário para elevar a temperatura de um quilo de água em um grau Fahrenheit. Um pé cúbico de gás natural detém muita energia, cerca de 1.032 Btu.

A unidade que você vê na sua conta de aquecimento retém ainda mais energia: a maioria das contas de gás natural mede o gás em termos térmicos, que é uma unidade de aquecimento igual a 103.200 Btu. Isso é muita água quente! De fato, um term é suficiente para fornecer quase 2,5 dias de água quente para sua casa; e duas térmicas podem aquecer sua casa por um dia.

Dez termas de gás natural são suficientes para atender às necessidades de gás natural de uma casa comum – aquecimento de ambiente, aquecimento de água, culinária etc. – por cinco dias.

Ficou alguma dúvida sobre o gás natural? Deixem nos comentários suas perguntas!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)