O número atômico é um dado essencial na classificação e na compreensão da formação dos elementos básicos de nossa tabela periódica. O que ele significa e demonstra pode ser compreendido com facilidade, além de como ele está envolvido com certos cálculos e a base da compreensão da química e física dos elementos.

O que é número atômico?

Átomos neutros de um elemento contêm um número igual de prótons e elétrons. O número de prótons determina o número atômico de um elemento (Z) e distingue um elemento do outro. Por exemplo, o número atômico do carbono (Z) é 6 porque ele tem 6 prótons. O número de nêutrons pode variar para produzir isótopos, que são átomos do mesmo elemento que possuem diferentes números de nêutrons. O número de elétrons também pode ser diferente em átomos do mesmo elemento, produzindo íons (átomos carregados). Por exemplo, ferro, Fe, pode existir em seu estado neutro, ou nos estados iônicos +2 e +3.

O que é o número de massa?

O número de massa de um elemento (A) é a soma do número de prótons e do número de nêutrons. A pequena contribuição de massa dos elétrons é desconsiderada no cálculo do número de massa. Essa aproximação de massa pode ser usada para calcular facilmente quantos nêutrons um elemento possui simplesmente subtraindo o número de prótons do número de massa. Prótons e nêutrons pesam cerca de uma unidade de massa atômica ou amu. Os isótopos do mesmo elemento terão o mesmo número atômico, mas números de massa diferentes.

Por exemplo, o carbono tem um número atômico de seis e dois isótopos estáveis ​​com números de massa de doze e treze, respectivamente. Sua massa atômica média é de 12,11.

Definição de número atômico

O número atômico de um elemento é definido pelo número de prótons presentes. (Foto: Chemistry)

Como calcular a massa atômica?

Os cientistas determinam a massa atômica calculando a média dos números de massa para seus isótopos que ocorrem naturalmente. Muitas vezes, o número resultante contém um decimal. Por exemplo, a massa atômica de cloro (Cl) é 35,45 amu porque o cloro é composto de vários isótopos, alguns (a maioria) com uma massa atômica de 35 (17 prótons e 18 nêutrons) e alguns com uma massa atômica de 37. (17 prótons e 20 nêutrons).

Dado um número atômico (Z) e um número de massa (A), você pode encontrar o número de prótons, nêutrons e elétrons em um átomo neutro. Por exemplo, um átomo de lítio (Z = 3, A = 7 amu) contém três prótons (encontrados em Z), três elétrons (como o número de prótons é igual ao número de elétrons em um átomo) e quatro nêutrons (7 – 3 = 4).

Por que os números atômicos são importantes?

Como você pode ver, o número atômico de um elemento é uma das bases para o cálculo da massa atômica, além dos números de prótons, nêutrons e elétrons. A partir desse cálculo, é possível estabelecer reações químicas possíveis entre diferentes elementos, o que é uma base para equações químicas equilibradas, balanceadas e possíveis.

Esperamos que não tenha ficado qualquer dúvida sobre a definição e o uso dos números atômicos. Caso você ainda tenha alguma pergunta ou dúvida, não tenha vergonha de usar o espaço de comentários abaixo. Estamos aqui para ajudar e responder todas as suas perguntas. Nosso blog conta com sua participação também com sugestões, críticas, e elogios, que irão contribuir para que possamos melhorar consideravelmente nosso conteúdo para vocês.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)