O sistema tegumentar consiste no maior órgão do corpo: a pele. Este extraordinário sistema de órgãos protege as estruturas internas do corpo contra danos, previne a desidratação, armazena gordura e produz vitaminas e hormônios. Também ajuda a manter a homeostase dentro do corpo, auxiliando na regulação da temperatura corporal e do balanço hídrico.

O que é o sistema tegumentar: partes e funções

O sistema tegumentar é a primeira linha de defesa do corpo contra bactérias, vírus e outros patógenos. Também ajuda a fornecer proteção contra radiação ultravioleta prejudicial. A pele também é um órgão sensorial, com receptores para detectar calor e frio, toque, pressão e dor. Componentes da pele incluem cabelos, unhas, glândulas sudoríparas, glândulas sebáceas, vasos sanguíneos, vasos linfáticos, nervos e músculos.

A pele é composta de três camadas:

Epiderme: a camada mais externa da pele, composta de células escamosas. Esta camada inclui dois tipos distintos: pele grossa e pele fina.

Derme: A camada mais espessa da pele, que se encontra por baixo e suporta a epiderme.

Hipoderme (subcutâneo): A camada mais interna da pele, que ajuda a isolar o corpo e a proteger os órgãos internos.

Camadas do tecido tegumentar: epiderme

A camada mais externa da pele, composta de tecido epitelial, é conhecida como epiderme. Ele contém células escamosas, ou queratinócitos, que sintetizam uma proteína resistente chamada queratina. A queratina é um componente importante da pele, cabelos e unhas. Queratinócitos na superfície da epiderme estão mortos e são continuamente eliminados e substituídos por células de baixo. Essa camada também contém células especializadas chamadas células de Langerhans, que sinalizam para o sistema imunológico quando há uma infecção. Isso ajuda no desenvolvimento da imunidade antigênica.

A camada mais interna da epiderme contém queratinócitos chamados células basais. Essas células se dividem constantemente para produzir novas células que são empurradas para cima até as camadas acima. As células basais se transformam em novos queratinócitos, que substituem os mais antigos que morrem e são eliminados. Dentro da camada basal são células produtoras de melanina conhecidas como melanócitos. A melanina é um pigmento que ajuda a proteger a pele da radiação solar ultravioleta nociva, dando-lhe uma tonalidade marrom. Também encontrado na camada basal da pele são células receptoras de toque chamadas células de Merkel.

A epiderme é composta por cinco subcamadas:

Estrato córneo: A camada superior de células mortas e extremamente planas. Núcleos celulares não são visíveis.

Estrato lucidum: Uma camada fina e achatada de células mortas. Não é visível na pele fina.

Estrato granuloso: Camada de células retangulares que se tornam cada vez mais achatadas à medida que se deslocam para a superfície da epiderme.

Estrato espinhoso: Camada de células de formato poliédrico que se achatam à medida que se aproximam do estrato granuloso.

Estrato basal: A camada mais interna de células alongadas em forma de coluna. Consiste em células basais que produzem novas células da pele.

A epiderme inclui dois tipos distintos de pele: pele espessa e pele fina. A pele espessa tem cerca de 1,5 mm de espessura e é encontrada apenas nas palmas das mãos e nas solas dos pés. O resto do corpo é coberto por pele fina, a mais fina das quais cobre as pálpebras.

Definição do sistema tegumentar

O sistema tegumentar é, basicamente, formado pelas diferentes camadas de nossa pele. (Foto: ProProfs)

Camadas do tecido tegumentar: derme

A camada abaixo da epiderme é a derme, a camada mais espessa da pele. As principais células da derme são os fibroblastos, que geram tecido conjuntivo, bem como a matriz extracelular existente entre a epidemia e a derme. A derme também contém células especializadas que ajudam a regular a temperatura, combatem infecções, armazenam água e fornecem sangue e nutrientes à pele. Outras células especializadas da derme ajudam na detecção de sensações e dão força e flexibilidade à pele. Componentes da derme incluem:

Vasos sangüíneos: transportar oxigênio e nutrientes para a pele e remover os resíduos. Esses vasos também transportam a vitamina D da pele para o corpo.

Vasos linfáticos: fornecer a linfa (líquido leitoso contendo células brancas do sangue do sistema imunológico) ao tecido da pele para combater micróbios.

Glândulas sudoríparas: regular a temperatura corporal transportando água para a superfície da pele, onde pode evaporar para arrefecer a pele.

Glândulas sebáceas (óleo): secretar que ajuda a impermeabilizar a pele e proteger contra o acúmulo de micróbios. Essas glândulas estão ligadas aos folículos pilosos.

Folículos pilosos: cavidades em forma de tubo que envolvem a raiz do cabelo e proporcionam nutrição ao cabelo.

Receptores sensoriais: terminações nervosas que transmitem sensações como toque, dor e intensidade de calor para o cérebro.

Colágeno: gerado a partir de fibroblastos dérmicos, esta proteína estrutural resistente mantém os músculos e órgãos no lugar e dá força e forma aos tecidos do corpo.

Elastina: gerada a partir de fibroblastos dérmicos, esta proteína de borracha fornece elasticidade e ajuda a tornar a pele elástica. Também é encontrado em ligamentos, órgãos, músculos e paredes das artérias.

Camadas do tecido tegumentar: hipoderme

A camada mais interna da pele é a hipoderme ou subcutâneo. Composta de gordura e tecido conjuntivo frouxo, essa camada da pele isola o corpo e protege os órgãos internos e os ossos contra ferimentos. A hipoderme também conecta a pele aos tecidos subjacentes por meio do colágeno, da elastina e das fibras reticulares que se estendem a partir da derme.

Um componente importante da hipoderme é um tipo de tecido conjuntivo especializado chamado tecido adiposo que armazena o excesso de energia como gordura. O tecido adiposo consiste principalmente de células chamadas adipócitos que são capazes de armazenar gotículas de gordura. Os adipócitos incham quando a gordura está sendo armazenada e encolhem quando a gordura está sendo usada. O armazenamento de gordura ajuda a isolar o corpo e a queima de gordura ajuda a gerar calor. Áreas do corpo em que a hipoderme é espessa incluem as nádegas, palmas das mãos e solas dos pés.

Outros componentes da hipoderme incluem vasos sanguíneos, vasos linfáticos, nervos, folículos pilosos e glóbulos brancos, conhecidos como mastócitos. Os mastócitos protegem o organismo contra patógenos, curam feridas e auxiliam na formação de vasos sanguíneos.

Ficou alguma dúvida sobre o sistema tegumentar? Deixe nos comentários suas perguntas e iremos ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)