O que é um fato social na sociologia?

O fato social é uma teoria desenvolvida pelo sociólogo Émile Durkheim para descrever como valores, cultura e normas controlam as ações e crenças dos indivíduos e da sociedade como um todo. Entender este conceito pode contribuir para compreender a sociologia e a convivência humana com maior clareza.

O que é fato social?

Em seu livro “As regras do método sociológico”, Durkheim descreveu o fato social, e o livro se tornou um dos textos fundamentais da sociologia. Ele definiu sociologia como o estudo de fatos sociais, que ele disse serem as ações da sociedade. Os fatos sociais são a razão pela qual as pessoas dentro de uma sociedade parecem escolher fazer as mesmas coisas básicas; por exemplo, onde eles moram, o que comem e como interagem. A sociedade a que pertencem os molda para fazer essas coisas, continuando fatos sociais.

Fatos sociais comuns

Durkheim usou muitos exemplos para demonstrar sua teoria dos fatos sociais, incluindo:

Casamento: os grupos sociais tendem a ter as mesmas idéias em relação ao casamento, como a idade apropriada para se casar e como deve ser a cerimônia. Atitudes que violam esses fatos sociais, como bigamia ou poligamia no mundo ocidental, são encaradas com nojo.

Idioma: as pessoas que vivem na mesma área tendem a falar o mesmo idioma. De fato, eles podem desenvolver e transmitir seu próprio dialeto e expressões idiomáticas. Anos depois, essas normas podem identificar alguém como parte de uma região específica.

Religião: Os fatos sociais moldam a forma como vemos a religião. Áreas diferentes têm fortalezas religiosas diferentes, com a fé sendo uma parte regular da vida, e outras religiões são consideradas estranhas e estranhas.

Fatos sociais na sociologia

O fato social está relacionado com a sociologia, sendo um conceito importante para sua formação. (Foto: Times Higher Education)

Fatos sociais e religião

Uma das áreas que Durkheim explorou minuciosamente foi a religião. Ele analisou os fatos sociais das taxas de suicídio nas comunidades protestantes e católicas. As comunidades católicas veem o suicídio como um dos piores pecados e, como tal, têm taxas de suicídio muito mais baixas do que os protestantes. Durkheim acreditava que a diferença nas taxas de suicídio mostrava a influência dos fatos sociais e da cultura nas ações.

Algumas de suas pesquisas na área foram questionadas nos últimos anos, mas suas pesquisas sobre suicídio foram inovadoras e lançaram luz sobre como a sociedade afeta nossas atitudes e ações individuais.

Fato e controle social

O fato social é uma técnica de controle. As normas sociais moldam nossas atitudes, crenças e ações. Eles informam o que fazemos todos os dias, de quem somos amigos e como trabalhamos. É uma construção complexa e incorporada que nos impede de sair da norma.

Fato social é o que nos faz reagir fortemente a pessoas que se desviam das atitudes sociais. Por exemplo, pessoas de outros países que não possuem um lar estabelecido e, em vez disso, andam de um lugar para outro e aceitam trabalhos estranhos. As sociedades ocidentais tendem a ver essas pessoas como estranhas e estranhas com base em nossos fatos sociais, quando, em sua cultura, o que estão fazendo é completamente normal.

O que é um fato social em uma cultura pode ser terrivelmente estranho em outra; tendo em mente como a sociedade influencia suas crenças, você pode moderar suas reações ao que é diferente.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas!

Deixe um comentário