Comparada a ditaduras, oligarquias, monarquias e aristocracias, nas quais o povo tem pouca ou nenhuma voz sobre quem é eleito e como o governo é governado, uma democracia é frequentemente considerada a forma mais desafiadora de governo, como contribuição daqueles que representam os cidadãos. determina a direção do país. A definição básica de democracia em sua forma mais pura vem da língua grega: o termo significa “domínio do povo”. Mas a democracia é definida de muitas maneiras – um fato que causou muita discordância entre os líderes de várias democracias sobre a melhor forma de execute um.

Os gregos e romanos estabeleceram os precursores da democracia moderna de hoje. Os três principais ramos da democracia ateniense foram a Assembléia das Demonstrações, o Conselho dos 500 e o Tribunal Popular. A Assembléia e o Conselho foram responsáveis ​​pela legislação, juntamente com conselhos ad hoc de “legisladores”.

Democracia: o que é?

A democracia também tem raízes na Magna Carta, a “Grande Carta” da Inglaterra de 1215, que foi o primeiro documento a desafiar a autoridade do rei, sujeitando-o ao domínio da lei e protegendo seu povo do abuso feudal.

A democracia como a conhecemos hoje não foi verdadeiramente definida até a Era do Iluminismo nos séculos 17 e 18. O termo evoluiu para significar um governo estruturado com uma separação de poderes, desde os direitos civis básicos, liberdade religiosa e separação entre igreja e estado.

Tipos de democracias

Democracia parlamentar, uma forma democrática de governo em que o partido, ou coligação de partidos, com a maior representação na legislatura (parlamento), foi originado na Grã-Bretanha. Existem dois estilos de governo parlamentar. O sistema bicameral consiste em uma casa “inferior”, que é eleita, e uma casa “superior” pode ser eleita ou nomeada.

Em uma democracia parlamentar, o líder do partido líder torna-se o primeiro-ministro ou chanceler e lidera o país. Uma vez que o partido líder cai em desgraça, o partido que assume o controle instala seu líder como primeiro-ministro ou chanceler.

Nos anos de 1790 a 1820, a democracia jeffersoniana foi uma das duas filosofias de governar para dominar o cenário político dos EUA. O termo refere-se tipicamente à ideologia do partido Democrata-Republicano, que Thomas Jefferson formou para se opor ao partido Federalista de Alexander Hamilton, que foi o primeiro partido político americano. A perspectiva jeffersoniana acreditava na igualdade de oportunidades políticas para todos os cidadãos do sexo masculino, enquanto a plataforma política federalista enfatizava a responsabilidade fiscal no governo.

A democracia jacksoniana, liderada por Andrew Jackson, era um movimento político que enfatizava as necessidades do homem comum em vez da elite e da educação favorecida pelo estilo de governo jeffersoniano.

Democracia e sua definição

A democracia é o sistema que prega a participação igualitária do povo nas decisões políticas. (Foto: Foundation for Economic Education)

Este período, de meados de 1830 a 1854, também é referido ao Sistema da Segunda Parte. O Partido Democrata-Republicano dos Jeffersonianos tornou-se faccionalizado na década de 1820. Os partidários de Jackson formaram o moderno Partido Democrata. Adams e facções anti-jacksonianas logo surgiram como os Whigs. Essa época deu origem a jornais partidários, comícios políticos e fervorosa lealdade partidária.

As democracias podem ser classificadas como liberais e sociais. As democracias liberais, também conhecidas como democracias constitucionais, baseiam-se nos princípios de eleições livres e justas, num processo político competitivo e no sufrágio universal. As democracias liberais podem assumir a forma de repúblicas constitucionais, como a França, a Índia, a Alemanha, a Itália e os Estados Unidos, ou uma monarquia constitucional como o Japão, a Espanha ou o Reino Unido.

A social-democracia, que surgiu no final do século XIX, defende o acesso universal à educação, à assistência médica, à compensação dos trabalhadores e a outros serviços, como o cuidado infantil e o cuidado com os idosos. Ao contrário de outros à esquerda, como os marxistas, que procuraram desafiar o sistema capitalista mais fundamentalmente, os social-democratas visavam reformar o capitalismo com a regulamentação do Estado.

O sistema político dos EUA hoje é basicamente um sistema de dois partidos, dominado por democratas e republicanos. O país tem sido um sistema bipartidário há mais de um século, embora independentes como Ralph Nader e Ross Perot tenham tentado desafiar o sistema bipartidário nos últimos anos.

Democracia no Brasil

Na democracia brasileira, existem três ramos do governo: o ramo executivo (Presidente); Poder Legislativo (Congresso); e Poder Judiciário (Supremo Tribunal). Essas agências fornecem freios e contrapesos para, em teoria, evitar abusos de poder. O Controle do Congresso pode estar nas mãos de um ou mais partidos, dependendo da formação no Senado e, separadamente, na Câmara dos deputados.

Ficou alguma dúvida sobre a democracia? Se precisa de ajuda nos estudos, deixe nos comentários suas perguntas!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)